« voltar a Formação e Eventos

Data
8 junho 2017
Local
Porto

ENQUADRAMENTO

A forma como lideramos as nossas equipas na área da segurança e saúde no trabalho pode determinar até que ponto o nosso local de trabalho é verdadeiramente seguro. Neste sentido, o compromisso com a Segurança nas organizações em vez de ser uma prioridade, deverá ser um valor que determina a tomada de decisão em todos os momentos e a todos os níveis.

OBJETIVO

Sensibilizar e habilitar para os aspetos determinantes para a operacionalização da Liderança em Segurança.

PÚBLICO-ALVO

- Técnicos superiores e técnicos de SST
- Responsáveis e Delegados de Segurança
- Responsáveis na área da manutenção
- Técnicos interessados em desenvolver investigações de avarias e acidentes

FORMADOR

Carlos Dias Ferreira

Engenheiro Mecânico e Engenheiro de Segurança com pós-graduação e mestrado em SHST, especializado em ATEX, segurança contra incêndios, análise de riscos e investigador de acidentes do tipo incêndio e explosões industriais. Esteve envolvido na formação e treino de segurança na Marinha de Guerra tendo sido Diretor da Escola de Limitação de Avarias da Marinha.

É Life e Executive Coach, Practitioner de PNL e desenvolve desde 2010 programas de formação na área da Liderança em Segurança, de chefias de topo e intermédias de multinacionais, com uma forte aposta na área da segurança comportamental.

PROGRAMA

1.    Liderar para salvar vidas;
2.    Ambiente para a Liderança;
3.    Elementos de uma cultura de Segurança;
4.    Aspetos determinantes para a Liderança;
5.    Características da Liderança efetiva em Segurança;
6.    O controlo do risco e a Liderança;
7.    Atitude comunicacional e diálogos de Segurança;
8.    Eu – futuro Líder de Segurança.

HORÁRIO

09h30 – 17h30

"Casos práticos. Apresentação dinâmica e entusiasta. Formador excelente." Carla  Freitas, Europac

"Tema  e clareza. Atualidade" Ricardo Araújo Mendes, Europac

"Capacidade do Eng.º Carlos Ferreira em passar a mensagem" Luís Miguel Teixeira, Europac

"Todos os temas foram extremamente interessantes." Carlos Lourenço, Nanium

"A clareza e a capacidade comunicacional dos temas." João Inácio, Europac

"A facilidade de comunicação e carisma do formador."

"O conteúdo da formação." Paula Fragoso, Lipor

"A partilha de conhecimentos entre todos." Fernando Fernandes, Tratolixo

"Relacionamento com casos práticos." Ângela Braga, Europac


Realizou-se no dia 8 de Junho mais uma edição da formação “Liderança em Segurança”. A avaliação feita pelos 12 formandos gerou uma média global de 4 (escala de 1 a 4).