« voltar a Formação e Eventos

Data
14 abril 2016
Local
Porto

ENQUADRAMENTO
A atividade de cogeração implica a utilização intensiva de equipamentos com especificidades muito rigorosas que implicam cuidados próprios de manutenção. Esta formação tem como objetivo a transmissão dos conhecimentos sobre as formas de manutenção que é necessário realizar, as técnicas disponíveis e as abordagens da estrutura de custos necessárias à garantia de continuidade de operação e de prevalência de elevados níveis de desempenho.

OBJETIVOS
- Identificar e aplicar os vários tipos de sistemas de manutenção preditiva, condicionada e corretiva às diferentes tecnologias de cogeração (Motores Alternativos, Turbinas a Gás e Turbinas a Vapor).
- Reconhecer os aumentos de eficiência em função dos critérios e técnicas analisadas.

PROGRAMA

Módulo 1: Manutenção de sistemas de cogeração
- Filosofias de abordagem e tipos de manutenção;
- Manutenção interna vs contratação;
- Manutenção preditiva, condicionada e corretiva de sistemas de cogeração;
- Técnicas de diagnóstico (análise de vibrações, análise de lubrificantes, termografia).

Módulo 2: Turbinas a gás
- Plano de manutenção;
- Tipos de avarias mais comuns;
- Análise dos sistemas específicos deste tipo de tecnologia:
•    Sistemas de combustão;
•    Turbina de potência;
•    Compressores de ar;
•    Sistemas de filtração de ar;
•    Alternadores;
•    Compressores de gás.
- Metodologias de avaliação e aumento de eficiência.


Módulo 3: Motores alternativos
- Plano de manutenção;
- Tipos de avarias mais comuns;
- Análise dos sistemas específicos deste tipo de tecnologia:
•    Sistemas de arranque;
•    Sistemas de combustão;
•    Turbocompressores;
•    Intercoolers;
•    Sistemas de arrefecimento.
- Metodologias de avaliação e aumento de eficiência.

Módulo 4: Turbinas a vapor e sistemas de produção de vapor
- Sistemas específicos deste tipo de tecnologia:
•    Tipos de caldeiras;
•    Queimadores e Sistemas de combustão;
•    Ventiladores;
•    Sistemas de distribuição de vapor;
•    Turbina a Vapor;
•    Redutor e sistema de óleo;
•    Tratamento de água.
- Tipos de avarias mais comuns;
- Plano de manutenção;
- Metodologias de avaliação e aumento de eficiência.

PÚBLICO-ALVO
- Operadores de centrais de cogeração;
- Responsáveis de manutenção de centrais de cogeração.

FORMADORES
Luís Braga
Mestre em Engenharia Mecânica (Pré Bolonha), Licenciado em Engenharia Química, Gestor de Manutenção e Energia da RAR - Refinarias de Açúcar Reunidas S.A., Responsável pela manutenção da unidade fabril e da central de cogeração, gestor operacional da central de cogeração e gestão energética da empresa. Responsável pelas Auditorias Energéticas e Planos de Racionalização de Energia, assim como por novos investimentos de diversas especialidades. Reconhecido pela DGEG como auditor energético: Indústria SGCIE, Frotas, Instalações de Cogeração, CMVP – Certified Measurement and Verification Professional. Coordenador Técnico da Pós-graduação em Gestão de Energia e Eficiência Energética (Ramo Indústria) no ISQ - Instituto de Soldadura e Qualidade (Norte), tendo a seu cargo vários módulos. Auditor energético independente com auditorias energéticas realizadas em vários setores de atividade. Autor e co-autor de artigos técnicos na área da energia. Formador de diversas ações relacionadas com energia e cogeração em Portugal e no estrangeiro.

Joaquim Fernandes Matos
Bacharelato em Electrotecnia e Máquinas pelo ISEP. Licenciatura em Engenharia Mecânica, opção de Fluídos e Calor pela FEUP.
Experiência profissional nas áreas de Produção e manutenção de unidades industriais; Exploração de central térmica de cogeração via de produção de vapor em alta pressão e turbinas de contrapressão e Exploração de instalação de cogeração com motor a diesel.
Envolvência em diversos projetos de instalações de industriais, com acompanhamento de montagem, arranque e exploração.
Sandra Domingues
Licenciada em Engenharia Eletrotécnica pelo IST.
Responsável pela Divisão de Cogeração da FPT com 16 anos de experiência no mercado da energia, em desenvolvimento de negócio, de projeto e de consultadoria. Como diretora na FPT, assegura a gestão técnica e económica de Centrais de Cogeração otimizando processos, negociando contractos e gerindo equipas. Juntou-se à FPT em 1999 para lançar o negócio de promoção de Centrais na área das energias renováveis e da cogeração, coordenando o ciclo completo desde a procura de projetos e de parceiros de negócio até à implementação e exploração. Antes da FPT, efetuou estudos na divisão de planeamento de rede da REN para suporte a decisão de investimentos.

Sérgio Rocha
Licenciado em Engenharia Eletrónica Industrial pela Universidade do Minho.
Conta com mais de 20 Anos de experiencia em Operação e Manutenção de instalações de produção de energia descentralizada, cogeração fóssil e energias renováveis.
Atualmente é Diretor de Operações na Capwatt Brainpower, SA, com a responsabilidade de construir operar e manter um conjunto diversificado de instalações.

HORÁRIO
09h00 - 17h30

 


Decorreu no dia 14 de Abril uma ação de formação dedicada ao tema "Manutenção de Sistemas de Cogeração", organizada pela COGEN Portugal.
A sessão contou com a presença de 10 formandos, que avaliaram a formação com uma média global de 3.6 numa escala de 1 a 4.